Cerveja Artesanal sobre rodas!!!


Segmento de Cerveja Artesanal

Postado por: Categoria: Blog 13 ago 2017

Com um consumo médio de 68 litros por habitante/ano e uma produção

Com um consumo médio de 68 litros por habitante/ano e uma produção de 14 bilhões de litros, o mercado brasileiro de cerveja é o terceiro maior mercado do mundo, ficando atrás apenas da China.
Apesar da produção brasileira de cerveja ainda ser controlada por grandes empresas, as oportunidades de negócios no segmento são diversas. Se por um lado as grandes cervejarias estão aumentando suas vendas e lucros, as micro cervejarias e importadoras vem ganhando cada vez mais espaço no mercado nacional.
De acordo com a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil), as chamadas cervejas especiais reúnem as artesanais, as importadas e as industriais de categoria “Premium”.
Segundo o Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja, houve um aumento de 3% entre 2012 e 2014, além disso, o sindicato ainda aponta a existência de 300 micro cervejarias no país e espera-se que esse número suba em 20% em 2020.
E por conta desse crescimento, as oportunidades de negócios dentro do segmento de cervejas são diversas, podendo se apostar tanto em pequenos negócios para faturar com a venda de rótulos nacionais e importados, e-commerce, Beer Trucks, quiosques de cervejas em shoppings e até em restaurantes.

 

Alguns estilos de cervejas
As cervejas são divididas principalmente em duas grandes famílias: Lager e Ale.
A diferença básica entre elas é o tipo de levedura, espécie de fermento natural que transforma o açúcar em álcool no processo de fermentação, etapa fundamental para a produção da cerveja, ou seja, assim que é definido o estilo de cerveja a ser produzida, a cervejaria já definiu por consequência o tipo de levedura que será utilizada, a levedura de Alta Fermentação (ALE) ou a levedura de Baixa Fermentação (LAGER).

 

• Lager
São as cervejas de baixa fermentação. Em geral, têm sabores e cheiros que lembram malte (cereais, pão tostado) e lúpulo (amargor, aromas florais). A maior parte dos estilos alemães e checos se encaixa nessa família.
• Pilsen
O carro-chefe das cervejas lager foi inventado em 1842 na cidade checa de Pilsen. Antes dele, nenhuma cerveja era transparente, tão clara e leve no paladar. Essas características, aliadas à invenção da geladeira, permitiram que a bebida conquistasse o mundo.
• Bock
Produzida na Alemanha, ela é avermelhada, bastante maltada e com teor alcoólico alto. Por ser uma cerveja forte diz a lenda que os alemães compararam esse tipo de cerveja ao coice (bock) de um boi.
• Ale
Esse processo químico de fermentação cria bebidas com aroma de frutas e especiarias, bem mais perfumadas que a lager. São ale os estilos típicos da Bélgica e da Inglaterra, além das cervejas de trigo feitas na Alemanha.
• Weissbier
Cerveja branca em alemão, ela leva maltes de trigo e de cevada na receita. A característica do estilo são os aromas de banana e de cravo, apesar de a bebida não conter uma coisa nem outra.
• India Pale Ale
A IPA é uma cerveja carregada no álcool e no amargor. Isso porque o estilo foi inventado para atender às necessidades dos colonos ingleses da Índia, que precisavam de muito lúpulo e malte para aguentar a viagem de navio.
• Amber Ale / Red Ale
Nome genérico dado às ale de coloração âmbar ou vermelha, geralmente britânica ou americana. O sabor predominante costuma ser o de malte tostado, e o amargor varia de cerveja para cerveja.
• Stout
Típica da Inglaterra e da Irlanda, tem coloração escura como asfalto. Existem opções doces, secas e até feitas com aveia. As mais alcoólicas recebem a classificação imperial stout. Grossa e encorpada, levou a fama de ser um fortificante para trabalhadores braçais e lactantes.
• Strong Ale
Estilo genérico que define todas as ales belgas mais fortes. A cor varia muito. As mais claras, chamadas de strong golden ale, têm aromas complexos de frutas e especiarias.
• Dubbel
As cervejas desse estilo belga, o sabor do malte lembra chocolate e caramelo. Dá também para perceber aromas de ameixa seca, cereja e banana.

 

 



Comentários

Veja Tambem

X